Casa de pastor é metralhada após anunciar apoio a Jair Bolsonaro

A manifestação de um pastor em apoio a Jair Bolsonaro (PSL) repercutiu em sua cidade e mobilizou o crime organizado local a cometer um atentado como forma de intimidação. A casa pastoral foi metralhada na madrugada do último domingo, 14 de outubro.

O pastor José Costa de Melo, da Assembleia de Deus Templo Central, em Itapajé (CE), acredita que o crime tenha sido motivado por conta de sua posição política de oposição ao PT e ao progressismo.

As câmeras de segurança da residência flagraram o momento, por volta das 02h30 da madrugada, quando um veículo Chevrolet Onix preto parou em frente ao portão e os disparos foram efetuados, com pistolas e uma escopeta.

Segundo informações do portal G1, a Polícia Civil está investigando o caso e ouviu testemunhas, que disseram que os criminosos estavam usando uma escopeta calibre 12 e pistolas .40.

Os disparos perfuraram o portão da residência, estilhaçaram janelas, perfuraram paredes e também atingiram dois veículos que estavam na garagem da casa pastoral. A família toda do pastor estava na residência no momento do ataque, mas ninguém ficou ferido.

Em entrevista ao jornalista Wellington Macedo, o pastor acredita que está sofrendo uma retaliação por sua oposição ao PT: “Eu expressei meu apoio a ele no sentido como cidadão, um direito que me assiste de fazer a minha escolha. Nós estávamos nas vésperas da eleição e eu disse que nós estávamos com o poder na mão para definir as nossas escolhas e que procurassem aquele que mais se identifica com o nosso credo, com a nossa forma de crer, de ver, principalmente porque estamos vivendo em um país onde as coisas estão muito, assim, muito à vontade”, resumiu o pastor.

A Secretaria da Segurança Pública divulgou nota conjunta com a Polícia Civil de que o caso está sendo investigado de maneira apropriada, mas evitou revelar detalhes das informações obtidas até agora, como medida para preservar o andamento das investigações. Ao mesmo tempo, a Polícia Militar intensificou o patrulhamento na região, com equipes do Policiamento Ostensivo Geral (POG), Força Tática e Batalhão de Policiamento de Rondas, além de Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio).

Radio Luz as Naçoes FM © 2018 Todos direitos reservados